Assembleia da República

Gabinete de Crise #17

Tabilãs Avançam no Afeganistão; Vandalização Padrão dos Descobrimentos; Louçã VS Guimarães Pinto

Mais uma semana, e temos o 17º episódio, com mais temas nacionais do que internacionais.

Os tabilãs avançam no Afeganistão, isto tudo devido à retirada de tropas americanas do terreno, porque no dia 11 de Setembro fazem-se os 20 anos a propósito do ataque às torres gémeas a 11 de Setembro de 2001, abriu-se espaço para os talibãs avançarem. Os russos apenas estão a cuidar das suas próprias fronteiras, mas nunca saberemos quando não poderão entrar mais no terreno, afirmando-se ainda mais como potência regional, estendendo influência da Rússia no Afeganistão. Mas sobre isto, poucos criticam Biden, ou o quer que sejam, pois são os mesmos que defendem a Palestina, sem saberem as implicações da sharia.

O Padrão dos Descobrimentos foi vandalizado, alegadamente por Leila Ladel, uma artista francesa de origem argelina. Condenamos esse acto, o Cláudio Fonseca, que é francófono insurgiu-se contra o que aconteceu, bem como se assumiu Presidente do Partido Anti-Wokes, fazendo coligação com a Carota Pignatelli do Partido dos Barbecues, Churrascos e Afins. Vandalização da nossa História, não obrigado.

Por último, Vasco Semedo falou a propósito da guerra de artigos de opinião entre Francisco Louçã, do Bloco de Esquerda e Carlos Guimarães Pinto, da Iniciativa Liberal. Troca de argumentos sobre pensadores liberais, com Hayek em destaque.